Análise

Uma análise é um estudo aprofundado de um assunto, objeto ou situação para conhecer os seus fundamentos, as suas bases e razões para a sua emergência, criação ou causas originárias. Uma análise estrutural compreende a área externa do problema, que define os parâmetros e condições que serão sujeitos a um estudo mais específico, denota e delimita as variáveis a serem estudadas intensivamente e inicia o exame aprofundado da tese.

O que é uma análise

É o estudo minucioso de um tema, a fim de conhecer as suas qualidades e, assim, tirar conclusões dele. Sua etimologia vem do termo grego antigo, quando “ana” significa “de baixo para cima”, “inteiramente”, e o sufixo “lise” que significa “dissolução”, é composto pelo verbo “lyeín” ou libertação) e pelo sufixo (a “sis” ou ação), pelo que significa “libertar ou dissolver as coisas inteiramente nas suas partes elementares para examinar individualmente os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes individualmente para examinar os seus componentes para examinar os seus componentes causas e formantes”.

Com base nisto, pode ser interpretado o que é uma análise, esclarecendo que esta é a desagregação de um determinado tópico, onde cada parte disso será inspecionada e estudada objetiva e minuciosamente para compreensão. Este processo permite que definições, características e características importantes do tema sejam estudadas, mas além da contemplação do conteúdo, as conclusões desse estudo são o caso. Em geral, a análise divide-se em secções, que são aplicadas de acordo com o campo em que as ideias são desenvolvidas.

Aqui está um passeio pelos tipos de análise mais comuns:

Tipos de análise
Análise estrutural
Típica das ciências físicas, a análise estrutural é a que é realizada através da determinação de cada componente de uma estrutura e de como esses elementos se relacionam entre si, bem como as características deles. Neste processo, o produto é desmontado ou desmontado, os elementos que contém são contados, identificando as funções que cada um executa e estabelecendo a ligação entre eles para funcionar como um todo. É usado para ciência como engenharia ou arquitetura.

Este tipo de estudo utiliza e aplica equações para resistência material para determinar que elementos inferem na deformação da estrutura do objeto ou edifício. Complementa-se com a análise dinâmica, que estuda a dinâmica da estrutura e as possíveis oscilações ou movimentos que podem causar-lhe danos.

Vários métodos são utilizados em função da complexidade da estrutura do objeto analisado, de acordo com a sua força e rigidez, o modelo dos materiais e o seu comportamento, o equilíbrio em cada nó ou ponto da estrutura e se suportam pressão ou carga, tendo também em conta os fatores externos e fundamentais onde a estrutura se encontra.

Deve ser aplicado um modelo matemático estrutural que represente o comportamento do sistema o mais próximo possível da realidade.

Leave a Comment