Conciso

Ser conciso implica evitar entrar em assuntos secundários ou andar por aí com olhares ou desvios que atrasam ou dificultam uma comunicação limpa, clara e simples quando se trata de se expressar. Temos de limitar a nossa mensagem ao essencial, para que seja compreendida de forma eficaz e correta. Textos como artigos de opinião, revisões, relatórios, brochuras devem idealmente ser escritos num estilo conciso, uma vez que, além de serem uma das suas características características, a concisão confere-lhes uma grande eficácia na consecução do seu propósito comunicativo.

Conciso noutras línguas
É interessante poder encontrar noutras línguas a palavra “conciso”, além disso, vamos deixar-lhe alguns exemplos que o ajudarão a entender melhor os usos que tem nas seguintes línguas; Inglês, Português e Francês:

Conciso em inglês
A tradução em inglês é concisa

Exemplos:

Gostaria de começar por referir, e serei conciso, à avaliação da reforma de 1996.

Peço desculpa no caso de ter de ser muito conciso nas minhas respostas.

Como texto legislativo, é bom que seja conciso.

Conciso em Português
Na língua portuguesa, a palavra é escrita igualmente concisamente.

Exemplos:

Que num único e conciso relatório anual sobre a situação económica e social da União Europeia, as análises sejam compiladas […]

Este fragmento conciso contém as verdades antropológicas fundamentais: o homem é o ápice de tudo o que é criado no […]

O cabeçalho do artigo é o mesmo que o tema de um e-mail, um resumo conciso do conteúdo do artigo.

Leave a Comment